Domingo, 6 de Dezembro de 2009

Ah pooois...

Hoje em conversa, surgiu o tema da gripe A.

(Para os leitores que não fecharam imediatamente a janela ao ler ‘gripe A’, os meus parabéns)
A conversa seguiu o seu rumo até que, a dada altura, estavam 4 pessoas com olhares vazios e expressões cabisbaixas a dizer que odiavam o Inverno.
É certo que o frio é chato, as constipações são uma treta (acreditem que eu sei!) e o vento é incómodo mas, sinceramente, há desculpa mais adequada para ficarmos a vegetar do que o Inverno?
‘Ah e tal, eu acho que esse almoço com o primo da tia da mãe vai ser fantástico, mas com esta chuva não vou puder ir…mas manda-lhe um grande abraço’ ou ‘Essa noitada contigo e com os teus amigos aborrecidos, vai ser memorável mas não vai dar, com este tempo, uma pessoa fica deprimida e não é boa companhia’ (tretaaaa!) Não há desculpa mais apetecível, para este tipo de situações.
Por outro lado, as pessoas andam muito mais calminhas, até dá gosto entrar num autocarro de manhã, ou num café à tarde e não ter de saber que a pobre Joaquina anda a lavar escadas, enquanto o marido anda com a loira boazona lá do prédio e que a Rute, filha da dona Gertrudes, está grávida do Manel, filho do padeiro.
E aqueles dias em que estamos em casa, a ver a chuva a cair, com o aquecedor no máximo e a música certa a tocar baixinho? Ou que nos levantamos da cama e nos vamos enrolar numa mantinha a beber um café quentinho, enquanto vemos os primeiros raios de luz a aparecer, no meio do nevoeiro, ou chuva cerrada? São momentos que sabem a mel.
Não me entendam mal, eu gosto do verão, sol, praia, bairradas, mas o Inverno permite-me ser bichinho do mato e não me venham dizer que, às vezes, não sabe bem, que isso é tanga.
 
Se não estão convencidos, tenho uma palavra para vocês: Natal! O Natal é no Inverno e isso chega-me para não o odiar.
publicado por Sofs às 22:32

link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

Posts recentes

2013 e a vida selvagem

Até que a noite mude de d...

Rock n' Roll is all about...

Hoping for the best e at...

O Harrison Ford tem o rab...

Vamos lá ver aqui uma(s) ...

Um adeus ao senhor

Boa semana minha gente

Era Outono

Considerações de um Domin...

arquivos

Dezembro 2012

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

links

'Neste baile de máscaras onde toda a a gente dança E homem que baila por gosto às vezes perde a esperança Agarro-me ao que posso, quando posso agarrar Faço o meu possível para me tentar orientar Dito as minhas regras, e deixo o fato no armário Podes crer, a mim não me tiram pinta de otário Danço quando quero e controlo bem a batida Porque a vida neste tom às vezes pode ser fodida.'

Pacman...what else? =D

Pac-Man made by Neave Games

>

Contador

Pet Shops
Contador GRÁTIS
blogs SAPO

subscrever feeds