Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2009

Planos para o 1º ano de socióloga desempregada I

Escrever um livro sobre a vida romântica do Joel (a criatura em questão pediu anonimato, como tal foi-lhe atribuído este nome). Descrever minunciosamente as barras, os desgostos, as aventuras sexuais etc etc etc.

Sendo que esta obra literária tem tudo para ser um sucesso, prevê-se que a tvi a transforme numa novela bem ao estilo de morangos com açucar.

As audiências irão disparar e o Nicolau Bryner irá adaptar o meu livro ao cinema, onde a Soraia Chaves , a Claudia Vieira e a Liliana Santos serão as amadas do Joel e aparecerão nuas, garantindo o sucesso do filme.

Em suma, vou ficar rica e...bem, depois é óbvio que vou querer trabalhar como socióloga, visto esse ser o meu sonho de infância.

publicado por Sofs às 19:48

link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De joel a 9 de Fevereiro de 2009 às 20:33
Ricos queres tu dizer, isso vai ser 55% para ti 45% para mim, porque quem dá forma a historia sao os meus belos dias.
A ver se n acabo violado, se calhar dava mais drama a peça.

Comentar post

pesquisar

 

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

Posts recentes

2013 e a vida selvagem

Até que a noite mude de d...

Rock n' Roll is all about...

Hoping for the best e at...

O Harrison Ford tem o rab...

Vamos lá ver aqui uma(s) ...

Um adeus ao senhor

Boa semana minha gente

Era Outono

Considerações de um Domin...

arquivos

Dezembro 2012

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

links

'Neste baile de máscaras onde toda a a gente dança E homem que baila por gosto às vezes perde a esperança Agarro-me ao que posso, quando posso agarrar Faço o meu possível para me tentar orientar Dito as minhas regras, e deixo o fato no armário Podes crer, a mim não me tiram pinta de otário Danço quando quero e controlo bem a batida Porque a vida neste tom às vezes pode ser fodida.'

Pacman...what else? =D

Pac-Man made by Neave Games

>

Contador

Pet Shops
Contador GRÁTIS
blogs SAPO

subscrever feeds